Animais abandonados são resgatados pelo Centro de Controle de Zoonoses

Dois cães que estavam abandonados sem alimentação e cuidados básicos em uma casa na rua José Morelli Sobrinho 618, no Residencial Francisco Moron, foram resgatados pelo Centro de Controle de Zoonoses, na tarde de segunda-feira (2). A Polícia Militar de Meio Ambiente esteve no local e registrou ocorrência sobre o fato.

A coordenadora do Centro de Zoonoses, veterinária Camila Castro Veiga, esclareceu que foi informada sobre o caso por uma ligação e depois de ser acionada ela entrou em contato com a Polícia Militar de Meio Ambiente para comparecer até o local. Segundo ela, os animais estavam em um terreno em situações precárias. “Um dos animais nem se levantava”, frisou.

Testemunhas ainda alegaram que mais bichos viviam pelo ambiente, no entanto chegaram a morrer por conta das condições em que estavam
D03 09 2019 ABANDONOe acordo com Camila, um dos animais está recebendo suporte em uma clínica veterinária e o outro está sob responsabilidade do Centro de Controle de Zoonoses que estará disponível para doação.

O sargento da Polícia Militar de Meio Ambiente, Paulo Dias Cardoso, informou que um cachorro estava debilitado, sem realizar movimentações, enquanto o outro apresentava-se assustado. O policial ainda salientou que os proprietários – que não estavam no local - podem responder pelo crime de maus tratos a animais domésticos.

Uma integrante da ONG Amigos Protetores, que pediu para não ser identificada, relatou que já observava os animais, pois os cachorros sempre caminhavam pelas ruas de Frutal procurando alimentação no lixo. Ela ainda destacou que os animais foram encontrados em risco de vida. “Um deles estava em pele e osso. A cachorrinha menor é bem assustada. Ela tem muito medo de gente”, contou.Animais abandonados são resgatados pelo Centro de Controle de Zoonoses.