Ministério Público manifesta a respeito da carreata que pede reabertura do comércio

Sobre a carreata que estava prevista para acontecer nesta sexta-feira e que foi adiada para amanhã sábado dia 28, a promotora Daniela Campos Abre Serra destacou que a manifestação é livre às pessoas, mas que excessos deverão ser contidos e fiscalizados pelas autoridades.

A promotora salienta que as forças policiais junto ao Ministério Público irão coibir prováveis crimes de trânsito e outros que coloquem pessoas em risco devido ao perigo do contágio do Coronavírus. O buzinaço está previsto para acontecer neste sábado à partir das 16 horas. O movimento visa chamar a atenção das autoridades quanto à reabertura do comércio local.