Geral

MORADORES DE PRÉDIO EM UBERLÂNDIA RELATAM TREMORES APÓS TERREMOTO NA ARGENTINA

Moradores de um prédio no Bairro Santa Mônica, em Uberlândia, relataram tremores de terra depois do terremoto de magnitude 6,8 que atingiu o norte da Argentina, na noite de terça-feira (10).

Devido ao susto, equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros foram até a região em que os moradores relataram os tremores. Segundo os órgãos, o prédio não tem problemas estruturais.

De acordo com quem estava no prédio, o tremor durou pouco, mas o suficiente para assustar todo mundo, entre eles, a moradora Ana Carolina Silveira Gonçalves.

"O prédio começou a tremer, a balançar. Meu copo começou a tremer, que estava em cima da mesa. Eu chamei meu marido, a gente saiu correndo do prédio", disse.

"Falei com meu irmão e ele avisou que os outros moradores também tinham sentido o tremor do prédio. Todos ficaram inseguros, com muito medo, como se fosse um terremoto mesmo e aí mandaram mensagem para não entrar no prédio, para não subir", completou.

Terremoto na Argentina

Por volta das 20h, um terremoto de forte intensidade, foi registrado na Argentina a uma profundidade de 176 quilômetros na região de Jujuy, em área próxima à fronteira com o Chile e a Bolívia. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor pôde ser sentido em Antofagasta (Chile), Valparaíso (Chile), e no Brasil.

Fonte: g1

Inscreva-se em nossa NewsLetter