Saúde realiza campanha de prevenção e combate ao câncer de mama

Durante o mês de outubro a Secretaria Municipal de Saúde, realiza diversas ações voltadas à prevenção e combate ao câncer de mama. Toda a rede de saúde do município está engajada em ações, com palestras sobre a conscientização da importância de fazer exames preventivos. Dentro da programação do Outubro Rosa, foi feita uma ação na manhã desta quinta-feira (17), no CEAE – Centro Estadual de Atenção Especializada (Antigo Viva Vida), que contou com um amplo debate sobre o tema, homenagens, palestras e depoimentos de pacientes.  

De acordo com a secretária de Saúde Marilia Gonçalves Martins, durante todo o mês são realizadas em todas as UBS´s Unidades Básicas de Saúde palestras e orientações, e a equipe também vai em algumas empresas quando solicitadas, para falar sobre o tema. Segundo ela a ação desenvolvida no CEAE foi muito positiva, pois além dos aconselhamentos teve depoimentos de pacientes que tiveram o câncer. “Graças a Deus, Frutal hoje oferece todo o serviço necessário. Atualmente o Ministério da Saúde preconiza que seja realizada a mamoragrafia de rastreamento em mulheres de 50 a 69 anos, mas nós sabemos que não é somente mamografica quando se fala em prevenção de câncer e não somente no mês de outubro para a gente abordar sobre o tema, é preciso que a gente trabalhe com a prevenção de doença no caso do câncer de mama, todos os dias, por isso é importante que as mulheres estejam se tocando, conhecendo o seu corpo, fazendo o alto exame e qualquer anormalidade apresentada a pessoa procure o médico e dê início aos exames necessários de acordo com a idade e se diagnosticada alguma intercorrência possa conseguir o diagnóstico precoce”, explica. Segundo Marília, o foco da campanha são as mulheres, mas o homem também corre o risco de desenvolver o câncer de mama. “Pode acontecer também em homem, é um quantitativo muito pequeno, chega a ser 1%, então homens e mulheres tem que ficar atentos e passar por consulta médica, para que possamos fazer o diagnóstico precoce”, ressalta.  

Para a coordenadora do CEAE, Lidiane Oliveira, durante o mês de outubro, com realização de campanhas a demanda aumenta um pouco pelos exames de mamografia e ultrassom mamária, mas normalmente, o índice tem deixado a desejar. “As pessoas precisam se conscientizarem de que o cuidado com a saúde é durante todo o ano e não apenas no mês de outubro.  Temos os equipamentos necessários e profissionais capacitados no CEAE para atender a população, mas infelizmente não temos muita procura por parte da população. Nosso desejo é que as pessoas procurem fazer os exames, se tiver um diagnóstico precoce a chance de cura é maior, o CEAE funciona de segunda a sexta, das 07h às 13h e o nosso telefone é o 3423-2656, estamos aqui a disposição de todos que precisarem do atendimento”, informa. 

Na opinião da prefeita Maria Cecilia Marchi Borges, falar sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a doença, é muito importante para a prevenção e diagnóstico precoce. “Um simples autoexame pode identificar a doença e dar chances maiores de cura. A campanha Outubro Rosa serve para conscientização das mulheres, que elas se toquem, se cuidem, se amem, que não deixem de fazer os exames preventivos. Por isso, durante todo o mês de outubro, os serviços de saúde são mobilizados, com ações e palestras relativas à prevenção do câncer de mama”, ressalta.

Bastante emocionada, Daniela Passos de Souza, 34 anos, falou sobre sua experiência ao enfrentar o câncer de mama. Segundo ela, em agosto de 2018 percebeu uma ondulação na mama esquerda e ao procurar um médico e ao fazer ultrassom foi detectado um nódulo de 3.5 centímetro e ao fazer biopsia foi diagnosticada com câncer. “Fiquei muito assustada no início, pois eu não sentia o nódulo, por isso que eu falo que é importante fazer o autoexame e ir ao médico regularmente. Graças a Deus fui encaminhada para Barretos, recebi um suporte muito grande, fiz o tratamento e agora é só rotina mesmo. Frutal tem um CEAE com grandes tecnologias, com profissionais capacitados, equipamentos necessários para fazer exames e não tem tanta procura, pois muitas mulheres não vem fazer o exame, mas é muito importante fazer, quanto mais cedo o diagnostico maior é a chance de cura”, afirma.