OPERAÇÃO 'CAFÉ AMARGO': MANDADOS SÃO CUMPRIDOS EM INVESTIGAÇÃO DE CORRUPÇÃO DE AGENTES PÚBLICOS E DESPACHANTES DO DETRAN EM UBERLÂNDIA

É realizada nesta quinta-feira (15) em Uberlândia, a Operação “Café Amargo” em combate a corrupção de agentes públicos e despachantes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Ao todo, são cumpridos 11 mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão na cidade e outros dois de busca e apreensão em Catalão (GO) durante ação do Ministério Público de Minas Gerais, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), além das polícias Civil e Militar.

Os principais alvos da investigação são corrupção passiva e ativa, associação criminosa, peculato eletrônico, falsificação de documento público, prevaricação e falsidade ideológica.

Entre os mandados de prisão, quatro deles são cumpridos contra policiais civis. Já em relação aos de busca e apreensão, são cumpridos no Detran, em residências, cartório de notas e escritório de despachantes.

A apuração dos crimes ocorre há mais de um ano. Na cidade, a suspeita é que as vistorias de veículos, emissão de documentos públicos no Detran e retirada de pontos de infração de trânsito da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) eram alguns dos serviços que eram prestados de forma ilegal. Conforme o MP, o valor da propina paga variava conforme o serviço.

Fonte: G1