Após fracasso, Neymar lamenta, diz que "perder faz parte" e erra o nome do Bayern

Neymar tentou, mas não conseguiu levar o Paris Saint-Germain ao título da Liga dos Campeões da Europa, perdendo a final deste domingo para o Bayern de Munique por 1 a 0, no estádio da Luz, em Lisboa, capital de Portugal. O atacante, que "parou" no goleiro alemão Manuel Neuer, caiu em prantos após o jogo e foi consolado por colegas como o companheiro de ataque Kylian Mbappé e o meia-atacante Philippe Coutinho, que triunfou com o Bayern e também joga na seleção brasileira.

Depois da partida, Neymar se manifestou nas redes sociais e agradeceu pela torcida. "Perder faz parte do esporte, tentamos de tudo, lutamos até o final. Obrigado pelo apoio e carinho de cada um de vocês e PARABÉNS ao BAYER (sic)", escreveu o craque brasileiro no Twitter. O camisa 10 do Paris Saint-Germain errou o nome do adversário, fazendo referência equivocada ao rival alemão Bayer Leverkusen, que respondeu à mensagem do atleta brasileiro com uma figurinha bem-humorada de um boneco franzindo a sobrancelha.

O ex-jogador de Santos e Barcelona, pelo qual ganhou a Liga dos Campeões em 2015, também fez uma postagem em seu perfil no Instagram, citando uma frase bíblica: "Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé".

Na final, Neymar fez três finalizações, uma delas salva com grande defesa de Neuer, capitão do Bayern de Munique. O brasileiro acertou 13 de 22 passes e quatro de sete dribles, além de sofrer seis faltas. O atacante encerrou a temporada com 19 gols e 11 assistências em 27 partidas.

Nesta edição da Liga dos Campeões, o jogador marcou sete gols. Destes, cinco foram anotados na fase de grupos e dois nos jogos de ida e volta das oitavas de final contra o Borussia Dortmund, também da Alemanha.