Reunião da rede de vizinhos protegidos é realizada no bairro Princesa Isabel

Ocorreu na semana passada, na rua José do Patrocínio, 840, no Princesa Isabel, uma reunião entre membros da Rede de Vizinhos Protegidos com policiais militares e outras autoridades. O objetivo deste grupo é a prevenção de crimes, através de ações de responsáveis pela segurança pública e moradores voluntários.

Para o aposentado José Paula Freitas Diniz, este é um trabalho muito importante porque facilita a comunicação de moradores com a Polícia Militar. Segundo ele, desde o início da criação desta rede, o grupo tem contado com muito apoio de toda a PM e também da Rádio 97, na divulgação dos trabalhos.

O tenente da Polícia Militar, Elton Luciano, também destaca que, em pouco tempo de funcionamento, a Rede de Vizinhos Protegidos tem trabalhado de forma objetiva e efetiva, porque potencializa a vigilância nos bairros e soma com a ação dos militares, no sentido de melhorar a segurança em toda a cidade.

O oficial explica que pessoas idôneas e que podem contribuir com a rede são convidadas a participar de um grupo de whatsapp. Os membros do grupo recebem dicas de segurança e outras informações necessárias de forma que todos ficam vigilantes e atentos às situações do cotidiano.

“A PM não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Por isso, é uma grande contribuição trazer o cidadão como monitoramento de quem adentra ou frequenta o bairro. O saldo até agora tem sido muito positivo porque a gente percebe que o pessoal está bem envolvido e de fato cumprindo sua função, ajudando a polícia na vigilância. Esse trabalho em conjunto entre polícia e cidadão aumenta a possibilidade de pegar os autores de crimes, principalmente de furtos”, declara.

O vereador Josimar Ferreira Campos, que também esteve presente, destacou a importância destas reuniões e da presença da PM. Para ele, depois da saúde, a segurança pública é uma das questões primordiais na vida dos seres humanos.

“A gente tem passado em vários lugares e visto as plaquinhas da Rede de Vizinhos Protegidos. Gostaria que mais pessoas procurassem a PM para montar essa rede porque ela dá tranquilidade aos moradores de bairros e melhora a segurança na cidade de forma geral”, conclui.