GAECO realiza operação em Frutal contra facção criminosa

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Uberaba e a 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Frutal deflagraram, na manhã desta quinta-feira (28), a Operação "Torrentes". Mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em quatro cidades do Triângulo Mineiro e em uma cidade do interior de São Paulo.
O objetivo da operação foi investigar e acompanhar a atuação da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) na região.
As investigações começaram em abril deste ano. Durante este período, foi descoberto que havia locais destinados para a comercialização de drogas em cidades do Triângulo Mineiro, incluindo um esquema de entrada e venda de drogas no Presídio de Frutal.
Nesta quinta-feira foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e um mandado de prisão temporária. Dois dos investigados já cumprem pena no Presídio de Frutal e um dos investigados foi preso em Batatais (SP). Dois alvos continuam foragidos e são procurados.


Durante a operação também foram registradas três prisões em flagrante, sendo duas por tráfico de drogas e uma por posse ilegal de munição.
Também foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão em Frutal, Iturama, Conceição das Alagoas, Campina Verde e Batatais. Computadores, celulares, joias, documentos, dois veículos e mais de R$ 50 mil em dinheiro e cheques foram apreendidos.
Participaram da operação 80 policiais militares, dois promotores de Justiça, seis policiais civis, além de militares do estado de São Paulo e agentes do Gaeco de Franca (SP).

FONTE – G1