Líder da facção que atacou Banco do Brasil em Uberaba é preso

Equipes da Delegacia de Roubo a Bancos de Belo Horizonte, GPR do 5° Departamento de Polícia Civil de Uberaba e a DIG de Americana/SP, prenderam na noite de quinta-feira (19) um dos líderes de uma facção criminosa especialista em roubo a banco.

As diligências para cumprir mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça duraram aproximadamente 16 horas. O suspeito, de 40 anos, foi preso em Americana e foi levado para Belo Horizonte.

“Esse indivíduo seria um dos líderes que organizou, teria arquitetado e participado da ação contra o Banco do Brasil em Uberaba em que assolou toda a população do Triângulo Mineiro”, informou o delegado Gustavo Abrahão Anai.

Confira as principais imagens da madrugada de terror vivida pelos uberabenses

Segundo apontaram as investigações, o suspeito, conhecido como Pane, seria integrante de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios. Ele estava morando em Americana, mas é da Zona Leste de São Paulo.

Outros 10 suspeitos de participar da ação criminosa foram presos no dia seguinte ao assalto, sendo a maioria da região - seis moravam em Campinas, um em Indaiatuba (SP), um em Santa Bárbara d'Oeste, um em Piracicaba e o último em Jundiaí (SP).

O grupo com cerca de 25 criminosos assaltou o Banco do Brasil no dia 27 de junho e levou cerca de R$40 milhões, segundo a corporação. A ação criminosa envolveu intensa troca de tiros com a Polícia Militar por mais de uma hora; deixou uma jovem morta e feridos.

Na época, o Banco do Brasil informou em nota que não informa valores subtraídos durante ataques criminosos às agências/unidades. Fachadas de outros bancos, de uma agência dos Correios e do Corpo de Bombeiros foram atingidas por disparos de armas de fogo, além de uma residência.

Fonte: Jornal da Manhã / Uberaba-MG