Polícia Militar é acionada no Frei Gabriel para registrar ocorrência de atrito verbal entre médico e pai de uma criança

Na noite desta quarta-feira (23), a Polícia Militar foi acionada a comparecer no Hospital Municipal Frei Gabriel, onde um homem relatou que teria sido ameaçado por um médico da instituição. De acordo com as informações, Ramom Aparecido da Silva de 36 anos, levou sua filha de 4 anos de idade até a unidade hospitalar, pois a mesma teria sofrido um corte no rosto. Devido a demora, indagou o médico Rubens Urzedo Rodrigues. O profissional então de acordo com Ramom, teria se irritado e chamado o pai da criança para fora do hospital a fim de resolverem a situação.

O médico Rubens Urzedo Rodrigues, relatou que estava chegando para assumir o plantão quando foi abordado pelo pai da garota com palavras ofensivas e exaltado. O médico ainda disse que ainda não estava a par do que acontecia no momento, quando foi agredido verbalmente por Ramom. Rubens nega a acusação de ameaça, e ressalta que o hospital serve a comunidade, e que as pessoas devem valorizar os profissionais que ali trabalham como também a unidade hospitalar.