CASAL DECIDE CONSTRUIR CASA SUSTENTÁVEL EM FRUTAL

Ana Julia Pinheiro e Augusto Pinheiro tiveram uma iniciativa inédita para a nossa cidade: decidiram construir uma casa inteira de contêineres no bairro Cidade das Águas. O casal, que tem duas filhas, sempre viveram de forma sustentável e pensando no meio ambiente, com isso, abriram mão da casa de alvenaria, para realizar esse grande sonho.

A casa de contêiner possui mobilidade, pois, é possível transportar para outro local. Feita de aço e alumínio é resistente a ações climáticas e não se deterioriza facilmente, mesmo com chuva, calor e vento.

O empresário Augusto Pinehiro, disse que essa construção modular é feita com contêiner que foi posicionado para colocar a casa no meio. “Esse projeto já existe em vários países, gostamos muito da ideia e começamos. Foi um desafio mas estamos muito felizes com esse modelo. A região do bairro é muito linda, aberta e a posição do contêiner é muito agradável”, destaca.

Augusto explica ainda que a distribuidora compra o material do porto que será descartável e para não ser jogada fora é consumido para construir casa, parece uma sucata mas não é. “O contêiner é superresistente a todo o trabalho da construção. Na hora de cortar o aço a gente vê a espessura e a qualidade do material que é muito durável e editável, quando corta a parede a gente usa em outros lugares”, complementa.

E uma construção norma tiraria dez caçambas de lixo, nessa construção sustentável ainda não se completou nenhuma.

O arquiteto Lazaro, do Estúdio L Arquitetura, que fez esse projeto, destacou que foi um grande desafio desde o início, mas esse sempre foi um grande sonho. “Eu já tinha um projeto mas não tinha executado, agora consegui. É uma construção moderna e muito sustentável para reutilizar o lixo. A proposta foi diferente e continuamos com a sustentabilidade de fazer o biodigestor. Quando chegaram com a proposta eu abracei”, comenta.

Segundo o arquiteto, o contêiner tem que ser muito bem utilizado. “Afastei sala e cozinha e fiz uma área no meio, foi tudo muito bem pensado. Essa pegada sustentável é muito interessante. Desde o início do lixo do contêiner ser descartado e eles utilizar até a agua que será reutilizada, foi tudo muito bem planejado”, diz.

Lazaro disse que é a mesma durabilidade de uma casa de alvenaria, não trinca e o contêiner nunca acaba. “É pintada com a tinta de automóvel e é uma casa modular, que pode mudar e levar”, destaca.

Ana Julia Pinheiro disse que a ideia começou um tempo atrás e com isso pretende deixar o exemplo de cuidado com o meio ambiente para as filhas.“Esse é um projeto da nossa família a muito tempo, temos o Instagram “Família Sem Lixo”, onde a gente mostro nosso trabalho de reciclar. Essa casa vem para mostrar para todos que conseguimos construir uma casa sustentável que não produza muito lixo”, alerta.

Ana ainda disse que esse é um grande sonho do casal e que eles gostam desse estilo industrial. “Essa decoração é diferente e pensamos na sustentabilidade. Nossa antiga casa era muito grande, agora quis uma casa mais resumida e que impactasse menos o meio ambiente. Pensei no biodigestor, que iremos reaproveitar toda a agua cinza da casa para jogar nas plantas, além de ajudar no clima do ambiente, as plantas vão gostar. Vamos fazer composteira para aproveitar também os restos de alimentos”, informa.