Tio-Avô é suspeito de estuprar criança de 7 anos em Fronteira

A mãe de uma criança de sete anos registrou na Polícia Militar de Fronteira, na quarta-feira (6), uma denúncia de que a filha foi estuprada pelo tio-avô, um homem de 46 anos. O suspeito está foragido desde a data da denúncia.

Conforme a PM, a avó da vítima percebeu o comportamento estranho dela e resolveu conversar. A menina relatou amedrontada que estava brincando no corredor da casa quando foi abordada pelo tio-avô, que teria a penetrado depois de colocar a mão na genitália dela.

Segundo relatos ouvidos pela avó e contados pela mãe à polícia, a menina pediu que ele parasse diversas vezes, o que não foi atendido. Além disso, o homem ainda ameaçou a mãe dela de morte caso a criança contasse sobre o ocorrido.

OUTRA VÍTIMA

Ao denunciar para a polícia, a mãe, uma jovem de 23 anos, contou que quando tinha nove anos também foi vítima de estupro pelo mesmo homem.

Os militares disseram, ainda, que a menina apresentou um arranhão na perna, próximo à região íntima. Eles também questionaram a demora da mãe para acioná-los, mas ela afirmou não saber do fato antes.

Contudo, o Conselho Tutelar foi acionado e a criança foi encaminhada ao IML (Instituto Médico Legal) para fazer exame de corpo de delito.

FUGA

Policiais militares de Frutal localizaram o suspeito na tarde desta quinta-feira (7) em uma estrada na região do Cerradão. Entretanto, ao perceber a presença da Patrulha Rural, o homem largou uma mochila e chinelos para trás e entrou em uma área de mata.

Conforme a PM, ele ainda foi visto atravessando um córrego para novamente se esconder no matagal, mas do outro lado da margem. Um dos policiais se feriu ao tentar perseguir o suspeito. Ele sofreu uma queda em um barranco, mas passa bem.

Como o suspeito possui parentes na região, já era esperado que ele pudesse seguir para a fazenda. Os policiais militares mantém as buscas na localidade. Para informações, ligue 190.